Nossos Encontros

Sobre valorizar

26.1.18


Esse post era para ter saído no finalzinho de dezembro, mas passou o tempo e eu acabei deixando-o para depois. Só que de uma coisa eu estava certa: essa postagem precisava sair. Vamos falar hoje sobre valorizar. Não sei se i texto vai ficar pequeno ou enorme, mas simplesmente leia-o com todo o seu coração, isso é importante. 

Você já parou para pensar na consequência das suas atitudes diárias? Eu já, sempre penso. O meu erro é sempre fazer tudo de novo, da mesma forma. As vezes eu me pergunto: mas porque não consigo ser melhor? E a minha mente me defende dizendo: você tenta. Mas eu não tento. A verdade é que eu finjo tentar, mas não deveria ser assim.

Não estou dizendo que não passamos por dias ruins, onde nossa única vontade é de enfiar a cara em um buraco e passar o restante do tempo daquele jeito. Não, não estou dizendo isso. É normal do ser humano ter seus dias de tristeza, de estresse... Mas você já parou para pensar quantos dias da semana você é assim? Eu já. A verdade que eu tenho um pouco disso em cada dia da minha vida, e isso não é bom. 

Não somos perfeitos, faço essa afirmação por mim mesma. Erramos, caímos, choramos. O diferencial, todavia, é quando realmente buscamos melhorar. As vezes uma palavrinha ruim do nosso mal humor pode estragar o dia de outra pessoa, ou a vida dela. E o pior é que as vezes estamos tão acostumados com "nós mesmos" que quando agimos assim parece tudo muito normal, tudo muito natural. "É a minha personalidade".

Mas não deveria ser assim. Não, não deveria. 

Jesus veio ao mundo para te fazer melhor, e a convivência com Ele em oração, lendo a Bíblia e praticando Suas obras vai te fazer melhor, nem que seja aos pouquinhos. Entende?

Não estou dizendo que devemos nos martirizar cada vez que cometermos um erro. De forma alguma. O que estou tentando dizer é que temos um Pai ao qual podemos recorrer todos os dias e pedir melhora, pedir que Ele nos ensine a ser melhor, a agir segunda a Sua vontade. 

Chega de se irritar por coisas bobas, gritar ou se estressar porque aconteceu coisa tal. Chega de negar amor, abraços, carinho aos que precisam. Chega de dizer já cresceu e esquecer da infância! É ótimo ser criança! Chega de entender esconder o sorriso, de se negar à família, de fugir dos amigos. Aproveite o sol, a chuva, o frio, o calor. Admire as coisas simples da vida. Brinque com as crianças, ouça as histórias do idosos. Corra para a felicidade. A vida passa rápido demais para nos preocuparmos com coisas banais ou para não aproveitá-la do jeito certo. Ame a todos como Jesus e se preocupe mais em ser, do que em ter. 

Assisti um filme recentemente que me fez refletir acerca disso tudo, e vou deixar uma frase dele aqui para vocês, além de uma música da Marcela Taís que eu acabei de conhecer. Aproveitem. 

"Algumas coisas se tornam lindas quando você realmente olha." 


Por: Sarinha 

Nossos Encontros

Medo de mudanças

24.12.17

Oie. Como vocês estão? Aaaai como eu estava morrendo de saudades de escrever por aqui! 

O título dessa postagem já diz tudo o que eu queria desabafar com vocês, mas mesmo assim vou detalhar um pouquinho do que estou sentindo nesses últimos tempos, pois pode ser que você já tenha passado por algo assim ou também vai passar. Vamos lá. 

Tantas coisas têm acontecido ultimamente na minha vida que nem sei como reagir, sabe? A maioria desses acontecimentos são bons, mas representam uma parcela grande de mudança na minha vida. E eu tenho tanto medo de mudanças. Sei que pode parecer bobagem, mas isso tudo me assusta. Sou muito pequena e só Deus sabe o quão sensível sou em relação a essas situações. 

A verdade é que eu acho que me acomodei ao presente e me apeguei demais a tudo e a todos os momentos. E isso machuca, entende? Machuca saber que nem tudo será do mesmo jeito. 

Eu estava lembrando de uma etapa em especial da minha vida, que foi quando eu estava entrando na adolescência, em que eu fiquei tipo muito triste em saber que estava crescendo. Sei que muitas crianças almejam a adolescência e até mesmo a maioridade, mas quando eu parei e olhei para mim, naquele momento, eu vi que ainda desejava minha infância, por mais que eu tivesse aproveitado aquela fase da melhor forma possível: brincando e me divertindo muito. É por isso que até hoje eu prefiro dizer que sou uma criancinha, embora já esteja chegando aos 17 anos. 

Tudo bem... Sei que isso não é muito bom, mas as vezes não consigo controlar. Até a própria Bíblia nos diz que se apegar ao passado ou simplesmente não deixar as coisas fluírem não é legal, olhem só:


"Não vos lembreis das coisas passadas, nem considereis as antigas."


Isaías 43:18

Mas eu sei que o Senhor vai me ajudar a passar por isso, e se você também estiver numa situação como essa, ore e entregue nas mãos do Pai. Ele sempre sabe o que fazer, até nos momentos mais difíceis.

"Eis que faço uma coisa nova, agora sairá à luz;"


Isaías 43:19

Amém?
Esse só foi mais um desabafo meu, diferentemente dos outros últimos posts. Hum... Vou tentar ser mais presente no blog durante essas minhas férias. É sempre bom estar aqui.

Um abração! Deus abençoe-os. 


Por: Sah

Boas Músicas

Playlist do momento

25.10.17




Oieeeeeee! Bem-vindos a mais uma playlist do blog. 
Hoje trago os louvores que mais me tocaram ultimamente. Eles falam de diferentes situações e são de ritmos e vozes diferentes. Espero que eles edifiquem vocês tanto quanto edificaram a mim. 

O maior vilão sou eu | Sarah Beatriz


17 de Janeiro | Os Arrais


Eu Sou a Sua Casa | Izaac Santos


Filho amado | Laura Souguellis




Que amor é esse? | Mariana Valadão




Então é isso. 
Um abração no coração e até a próxima!

Por: Sah

Siga por e-mail:

Wattpad